Noticia #10: Dia da Liberdade: 25 de abril para todos

Notícia #9: Dia Internacional da Pessoa Com Deficiência 2022
Abril 5, 2023
Novos Órgãos Sociais
Maio 31, 2023

Noticia #10: Dia da Liberdade: 25 de abril para todos

“Quando o 25 de abril chegou, chegou para todos… ou, pelo menos, deveria ter chegado…” foi esta a ideia que serviu de mote para a campanha de sensibilização pensada e construída nas sessões de autorrepresentação do CACI de Avelãs de Caminho. O principal objetivo foi alertar para o facto de que a igualdade de direitos nem sempre é uma realidade para a população com dificuldades intelectuais.

A reflexão conjunta pretendeu encontrar situações em que se verifica ou em que os clientes sentem que existe ainda atualmente violação dos seus direitos, falta de liberdade e poder de decisão e desrespeito das suas opiniões, vontades e desejos. Desta reflexão resultaram 10 situações que o grupo de autorrepresentantes pretendeu denunciar exigindo que os direitos e liberdades que se adquiriram no 25 de abril sejam para todos. Com efeito, pensamos que as dificuldades intelectuais não podem nem devem continuar a ser justificação para a violação de direitos!

A campanha foi divulgada nas redes sociais da APPACDM de Anadia, especificamente, no Facebook e no Instagram daquela instituição associando-se o hashtag #25deabrilparatodos. Foram ainda concebidos panfletos em formato de marcador de livros para serem distribuídos internamente e por vários locais da cidade de Anadia, entre eles, destacamos a Câmara Municipal de Anadia, a Biblioteca Municipal de Anadia e o Agrupamento de Escolas de Anadia.

As situações denunciadas foram as seguintes:

  1. “Tu podes comprar o que quiseres e eu não!”
  2. “Tu podes sair à noite e eu não!”
  3. “Tu és respeitado nas tuas caraterísticas e eu não!”
  4. “Tu podes comprar a tua própria roupa e eu não!”
  5. “Tu podes escolher a tua roupa e eu não!”
  6. “Tu podes visitar a tua família quando queres e eu não!”
  7. “Tu és livre para estar onde queres e eu não!”
  8. “Tu podes fazer um curso profissional e eu não!”
  9. “Tu podes ter um emprego e eu não!”
  10. “Tu podes conversar em privado e eu não!”

De acordo com os clientes, “esta campanha foi importante para as pessoas perceberem que as pessoas com problemas têm os mesmos direitos” (Fátima S.). Quanto à sua participação, é partilhado que “foi interessante e giro fazer esta campanha” (Mauro M.). E, por fim, tendo em conta o impacto na comunidade, um dos clientes refere que “houve pessoas que me vieram falar da campanha” (António José M.).

Junta-te a nós e exige 25 de abril para todos! Procura a campanha nas redes sociais da APPACDM de Anadia através do hashtag #25deabrilparatodos e partilha dando-lhe, assim, maior visibilidade.

Comments are closed.